Namorado da minha irmã me comeu e gozou no meu rabo


Estava eu sozinho em casa quando escuto um barulho na sala, era o namorado da minha irmã batendo palma do lado de fora. Sai pelo corredor já com a chave do portão nas mãos e como de costume o cumprimentei e perguntei se estava tudo bem já abrindo o portão pra ele entrar. Eu o avisei imediatamente que minha irmã não estava e ele disse que sabia, mas que tinha passado pra pegar uma blusa de frio que ele tinha esquecido no quarto dela. Entramos em casa e eu o deixei á vontade para ir ao quarto da minha irmã pegar a blusa e fiquei na sala assistindo “Lagoa Azul” na sessão da tarde. Ele em 5 minutinhos voltou do quarto com uma blusa de frio na cor vermelha e tinha dito que minha irmã a tinha deixado encima da mesa do computador, ele olhou pra TV e viu o filme que estava passando e me zuou. Caralho!!! tu ta assistindo esse filme? perguntou, eu disse que sim, que não tinha nada de bom na TV e nada de bom pra fazer também. Ele retrucou, disse que sempre á algo pra fazer e que fazer nada era melhor que assistir aquele filme. Fiquei um pouco nervoso, parecia que ele estava me provocando, então eu falei já com certo nervosismo o porque ele não dava uma ideia sobre o que fazer naquela tarde, já que eu estava sozinho. Ele fez uma observação em seguida da minha pergunta. Disse que eu não estava sozinho pois ele estava ali, eu fiquei sem entender, ele disse que como nós estávamos sozinhos a gente podia pensar em algo pra passar o tempo. Eu imaginei que ele fosse me chamar pra sair, ou até jogar vídeo-game, eu me surpreendi. Ele se aproximou de mim e foi com a boca perto do meu ouvido direito e falou bem baixinho, quase sussurrando, Disse __ Podemos dar uma fodinha, o que acha? Eu dei risada, ele não podia estar falando á sério, mas ele me roubou um beijo em seguida e ali eu tive certeza que ele queria meu corpo Mesmo sendo o namorado da minha irmã eu não consegui resistir, ele é gostoso, muito cheiroso, bem vestido, alto, atlético, um sonho de macho, ou melhor um sonho de consumo. Eu seria muito idiota de não aproveitar essa chance e também minha irmã nunca iria saber pois eu nunca iria contar e ele com certeza também não. Nos deitamos no sofá da sala mesmo, ele me beijava e me abraçava com muito tesão, eu correspondia e ao mesmo tempo imaginava se era assim que ele pegava a minha irmã, que loucura isso. Senti seu pau duro encostando no meu que também já estava duro, senti um calor tomando conta do meu corpo e com isso a necessidade de tirar a roupa. Fiquei só de cueca na frente dele e ele desceu com a boca até engolir meu pau que estava latejando de tesão. Caralho, como ele chupa gostoso, parece que já faz isso á muito tempo. Ele não aprendeu a chupar um pau de uma hora pra outra e nem aprendeu chupando a boceta da minha irmã. bem, não interessa, eu curti e procurei não pensar nessas observações. De repente ele desceu a língua no meu cu, por sorte eu tinha depilado ele uns dias antes, ainda tava lisinho e senti gostoso sua língua molhada e quente no meu buraco. Fiquei de pé e ele voltou a engolir meu pau, mesmo chupando meu pau como um profissional ele ainda era muito másculo. Não levantava suspeita nem naquela situação. Uma vontade imensa de chupar o pau dele invadiu a minha mente, pedi pra ele sentar no sofá, ele já estava completamente nu, eu eu fui lambendo centímetro por centímetro daquele pau delicioso, mesmo sem querer eu imaginei aquele pau entrando na boceta da minha irmã e isso me deixou com mais tesão ainda. Ele voltou a lamber o meu cu, tava fascinado por ele e também adorou a tatuagem de estrela que eu tenho na bunda, poucos viram essa tatuagem de perto, e ele era um dos poucos… De repente ele se levanta, e começa a esfregar a cabeça do pau na minha bunda, nunca senti tanta vontade de dar pra um macho como senti de dar pra ele, nem lembramos da camisinha, ele colocou a cabeça e aos poucos foi empurrando até entrar todinho no meu cu. Meu pau começou a babar de tesão enquanto ele me comia, era perfeito. Novamente me lembrei da minha irmã, foi inevitável, como ela tinha sorte de poder dar quantas vezes quisesse pra aquele macho gostoso. Ele vendo que meu pau estava babando tirou o pau do meu cu e começou a lamber e engolir meu pau, falou que minha baba era um pouco salgada e que era uma delicia. Tive a ideia de colocar o espelho no chão, assim era só olhar pra baixo que dava pra ver o pau dele entrando e saindo do meu cu. Ter aquela visão era maravilhosa, o pau dele entrava perfeitamente no meu cu, como se fosse uma chave mestra. Não aguentei ele bombando o meu cu, e gozei encima do espelho em seguida ele tirou o pau do meu cu e bateu uma já pra gozar. Ele batia olhando a minha bunda que ainda estava empinada na posição que ele tava me comendo até que ele gozou encima dela. Esse é nosso segredinho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*